Estamos em guerra 728×90

 

Ezequiel Neiva / Foto: Divulgação

O governador Marcos Rocha atendeu solicitação do deputado Ezequiel Neiva (PTB), para a liberação da pesca esportiva em Rondônia, atividade que estava proibida desde o último dia 15, com base no distanciamento social visando à prevenção ao novo coronavírus (Covid-19).

O parlamentar cobrou a liberação da atividade na última sexta-feira 26. Na noite do mesmo dia, o governo publicou decreto revogando o impedimento à pesca esportiva. Vale ressaltar que a pesca esportiva deve seguir as regras sanitárias de prevenção ao coronavírus. Entre as normas, na atividade não poderá haver aglomeração acima de cinco pessoas.

Ezequiel Neiva elogiou a sensatez do governador Rocha ao reavaliar o decreto estadual proibitivo para a pesca esportiva. O deputado questionou o governo, vez que a mesma lei autorizava a pesca profissional, a pesca de subsistência e a pesca artesanal, a abertura gradual do comércio com o funcionamento de shoppings, restaurantes para consumo interno, academias e atividades ao ar livre.

De acordo com Ezequiel Neiva, a proibição da pesca esportiva causava prejuízos financeiros ao Estado de Rondônia, em especial aos municípios que dependem da arrecadação oriunda do turismo da pesca.

“Rondônia tem várias pequenas empresas que fecharam contratos com pescadores esportivos de todo o Brasil. É uma atividade sem aglomerações, se comparado aos supermercados, shoppings e outros serviços autorizados. Se a pesca esportiva não fosse autorizada urgentemente, nossos pequenos municípios amargarão ainda mais prejuízos financeiros e o desemprego continuará a crescer”, argumentou o deputado.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO