Estamos em guerra 728×90

 

Douglas Vaz / Foto: Extra de Rondônia

Mesmo com a pandemia, o setores imobiliário e agropecuário tem atingido um crescimento exponencial não demonstrando sentir os impactos da paralisação mundial. Em entrevista com o empresário vilhenense Douglas Vaz, ele afirma que a Região Norte e Centro-Oeste teve uma recepção bem diferente do restante do país.

Segundo Vaz, o mercado imobiliário está alavancando principalmente o de loteamento com um crescimento fora do normal. E Vilhena, tem sido uma das cidades que mais abriu espaço para o setor dentro de Rondônia. “Posso confirmar que é o município que está mais crescendo dentro do Estado nestes últimos cinco anos. Percebemos que todos os loteamentos que são feitos tem sido vendidos muito rápido, inclusive está havendo uma grande necessidade de novos loteamentos”.

Com isso, a Vaz Desenvolvimento Imobiliário tem oferecido uma diversidade de projetos para cidade. Atualmente o carro-chefe tem sido o “Praças de Vilhena” próximo ao centro, com pavimentação, redes de água, luz, esgoto, praça com academia ao ar livre, quadras poliesportiva, areia e pista de caminhadas, além de paisagismo e bancos.

“Os lotes estão chegando ao fim, iniciamos a venda pelo valor de R$ 50 mil e hoje já chegam a valer R$ 90 mil. Podemos observar o quanto os loteamentos estão se valorizando. Outro exemplo foi o Boulevard Premium que começaram numa faixa de R$110 mil e hoje valem até R$ 190 mil”, explicou ele.

Ainda sobre os projetos, Douglas destaca o “Bosques dos Oitis” no Nova Orleans que oferecerá cerca de 350 lotes e já está em fase de aprovação da prefeitura.

Em relação a futuros projetos, o empresário afirma que está em busca de parcerias para um novo loteamento próximo ao setor pioneiro da cidade, local onde possui uma universidade pública. “Caso alguém queira negociar naquela área basta nos procurar, tem muitas pessoas que procuram este local para adquirir um loteamento”.

“Estamos muito satisfeitos com o município de Vilhena, a cidade está com crescimento recorde. As pessoas que compraram lotes só tem a ganhar e receber valorização. Está voltando a valer a pena comprar loteamentos como forma de investimento. Temos recebidos muitas empresas e indústrias na cidade”, concluiu o empresário.

Estamos em guerra 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO