Obra deve sair do papel em Guajará-Mirim / Foto: ilustrativa

A polêmica levantada a respeito da tentativa de transferir a construção de uma ponte binacional no município de Costa Marques por interesse e articulação de um grupo de empresários do setor agropecuário, fez com que várias autoridades políticas e entidade de Guajará-Mirim se manifestem em defesa da construção da obra nesse município (leia mais AQUI e AQUI).

Nesta sexta-feira, 28, a Ordem dos Advogados do Brasil e o Partido Republicanos, de Guajará-Mirim, emitiram Notas de Repúdios contra a dúvida plantada a respeito da viabilidade da ponte nesse município.

A OAB lembrou, do ponto de vista legal, o compromisso do Brasil com a Bolívia através do Tratado de Petrópolis, após desativação da Estrada de ferro Madeira Mamoré, em 1903, convertido no Decreto nº 73.413, de 4 de janeiro de 1.974.

O presidente da subseção da OAB, Erick Allan da Silva Barroso, ressaltou que eventual preterimento a tal obra, em favor de outra, em local diverso, pode em tese, ensejar infração à probidade administrativa, por violação aos princípios elementares da administração pública.

“A OAB, Subseção de Guajará-Mirim, trabalhará com todas as forças, em conjunto com a sociedade civil organizada e demais poderes, para que se façamos cumprir a lei e as obrigações já assumidas pelo Estado Brasileiro”, explicou.

Por sua vez, o Partido Republicanos, através dos membros de sua Comissão Provisória, repudiou o interesse de levar a ponte para Costa Marques e chamou a atenção de supostos “golpistas” do calcário.

“A Direção da Comissão Provisória Municipal e seus pré-candidatos às eleições de 2020 ao final nominados, vem apresentar a presente Nota de Repúdio visando dar conhecimento à sua Excelência o Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, Ministros de Estados bem como, todas as autoridades constituídas e a população no município as sorrateiras, desonestas, equivocadas, todas, produtos de tentativas de prejudicar, atrapalhar, impedir e talvez sepultar a construção da ponte binacional(Brasil/Bolívia) via Guajará Mirim que a despeito de ‘golpistas’ contratados  a peso de calcário no sentido de construir intenção, vontade e interesse em  projetos da mesma natureza, a ponte Guajará/Guayara é realidade incontroversa”, manifestaram.

 

>>> LEIA, ABAIXO, AS NOTAS NA ÍNTEGRAS:

NOTA PÚBLICA PONTE BINACIONAL-assinada

 

NOTA DE REPÚDIO DO PARTIDO REPUBLICANOS 10

O REPUBLICANOS, Partido Político na cidade de Guajará Mirim, Estado de Rondônia, por intermédio de sua Direção da Comissão Provisória Municipal e seus pré-candidatos às eleições de 2020 ao final nominados, vem apresentar a presente Nota de Repúdio visando dar conhecimento à sua Excelência o Senhor Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, Ministros de Estados bem como, todas as autoridades constituídas e a população no município de Guajará Mirim, as senhoras e senhores deputados estaduais do Estado de Rondônia, aos detentores de mandato em Brasília, aos dirigentes estadual e federal do Partido Republicanos e demais agentes públicos e políticos, no sentido de registrar a NOTA DE REPUDIO as sorrateiras, desonestas, equivocadas, todas, produtos de tentativas de prejudicar, atrapalhar, impedir e talvez sepultar a construção da ponte binacional(Brasil/Bolívia) via Guajará Mirim que a despeito de “golpistas” contratados  a peso de calcário no sentido de construir intenção, vontade e interesse em  projetos da mesma natureza, a ponte Guajará/Guayara é realidade incontroversa.

O REPUBLICANOS salienta que a despeito dessas e talvez outras tentativas, de estabelecer dúvidas na realização da ponte binacional serão frustradas, pois o compromisso dos Governos Brasil/Bolívia, desde o advento do Tratado de Petrópolis, combinado com as dezenas e dezenas de providências já promovidas entre os dois países, asseguram que a ponte binacional é realidade de projeto e de viabilidade de sua efetivação para fins que se destina, sendo que, quaisquer menção de fato contrário é falácia oriunda de serviçais estranho ao meio do bem comum, valendo registrar que comunga todas as populações que farão uso desse grande  e importante empreendimento internacional com a respectiva Nota de Repudio.

Por todas essas considerações, o Republicanos mais uma vez reitera REPÚDIO e sua inteira disposição para contribuir, sempre, com a verdade objetiva e atuar para desinfectar os males contra Guajará Mirim a população envolvida.

Comissão Provisória do Republicanos:

Presidente. Edmilson Braga Barroso

Primeiro Vice Presidente. Virgílio Gomes de Oliveira

Segundo Vice Presidente. Lucila Socorro de Oliveira

Secretário Geral. Ronald Fernandes de Almeida

Primeiro Secretário. José Martins de Oliveira

Segundo Secretário. João Pimentel de Almeida Filho

Tesoureiro. Francisco Abel de Sousa

Primeiro Vogal. Luiz Xavier Nascimento

Segundo Vogal. Jorge Bezerra Brandão

Terceiro Vogal. Pedro Prado Junior

Quarto Vogal. Walmar de Souza Azevedo

Primeiro Suplente. Wilksandra  Araújo Soares

 

Pré-candidatos à Vereança:

José Nilton – Mauricelio Correa – José Martins de Oliveira – João Teixeira de Araújo Neto – Lucila Socorro de Oliveira – Francisco Gutierrez – Miguel Arcanjo Cardoso – Durle Serrath – Raimundo Barroso – Pastora Inglismara Vale – Sergio Primor – Professor Milton – Lucineide Viriato. Paulão da Ambulância – Romerito Pereira – Francisca Lima da Paz – Francisco Herbet de Souza – Sâmia Karantino –

 

Edmilson Braga Barroso

                                                           Presidente

Guajará Mirim, 28 de Agosto de 2020

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO