Coluna escrita por Humberto Lago/Foto: Extra de Rondônia

A experiência me ensinou que o equilíbrio do orçamento familiar está firmado em três alicerces: Planejamento, Controle das Despesas e Disciplina Financeira.

Parece tão simples; contudo, nem todos os lares conseguem gerir suas finanças como deveriam. E por esse motivo, os desorganizados, os descontrolados e os indisciplinados sofrem permanentes transtornos financeiros.

O Planejamento Financeiro consiste em trazer para o presente, algo que vai ocorrer no futuro. Ao fazer isso, fica mais fácil pensar, analisar possíveis soluções e por fim fazer a melhor decisão. Contudo, um sólido planejamento financeiro pressupõe aprender com os dados do passado. Se você não anotou bem seus gastos, é impossível planejá-los corretamente. Seja, pois criterioso e austero na questão financeira, porque errar é fácil, mas corrigir-se é demorado, sofrido e dispendioso.

O controle das despesas é simples, porém muitos não o levam a sério e sofrem a consequência do descontrole. Quem não consegue controlar os valores pequenos, dificilmente será capaz de controlar os valores maiores. O modo mais eficaz de fazer isso é registrar numa agenda (ou planilha), diariamente, todos os gastos familiares. Se o orçamento financeiro estourar você tem a obrigação de saber onde foi parar o dinheiro e justificar-se pelo ocorrido, diante de seu cônjuge e filhos.

A disciplina financeira é um dos alicerces mais importantes. É muito comum as famílias desejarem o equilíbrio de suas contas, porém não terem a disposição de observar regras financeiras básicas. A 1ª lei é: nunca gaste mais do que você recebe; 2ª. lei é: nunca assuma compromissos que não possam ser pagos; 3ª. lei é: fixe um limite mensal para seus gastos com o cartão de crédito e  crediário; 4ª. lei é: nunca atrase o pagamento de suas contas; e 5ª. lei é: faça uma poupança mensal.

Se você planejar muito bem, porém não atentar para o controle das despesas ou for indisciplinado, terá sérios problemas financeiros. Da mesma forma, se você controlar as despesas, mas não planejar corretamente, terá problemas. De nada adianta você ser disciplinado, porém ser incapaz de planejar e/ou controlar seus gastos. Ou seja, você precisa conhecer, dominar e aplicar os três fundamentos ao mesmo tempo, se quiser ser bem sucedido na questão financeira.

Se você – amigo leitor – for um empresário ou diretor ou administrador, saiba que nas empresas não é muito diferente do que ocorre nas famílias. Se uma firma falhar na gestão financeira, é porque ela descumpriu algum dos fundamentos acima. Faça um teste rápido e comprove.

Se sua empresa não consegue reduzir suas dívidas ou zerar o cheque especial, com certeza, é porque não está sabendo planejar, ou controlar gastos ou ser disciplinada. O bom disso é que todos os problemas têm solução. Já vi empresas familiares cujos proprietários ou diretores faziam retiradas incompatíveis com sua capacidade de geração de caixa. O status social deles era mais importante do que a saúde financeira da organização. Não permita a ocorrência deste tipo de problema na sua empresa.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO