Eyder Brasil (PSL) / Foto: Assessoria

O deputado Eyder Brasil (PSL) indicou na última quinta-feira 04, ao poder executivo a necessidade de alteração em algumas medidas de restrição contidas no novo decreto n° 25.853, elaborado pelo Governo de Rondônia, devido ao aumento de casos da Covid-19 e a lotação dos leitos de UTI.

Eyder, que sempre se posicionou contra o lockdown, frisou que o fechamento do comércio, estabelecimentos ou qualquer outra atividade essencial impacta diretamente na vida do cidadão, que depende do seu negócio aberto para conseguir levar o alimento para dentro de casa.

“O fechamento não resolve a Covid-19, não precisamos combater as pessoas e as empresas, precisamos combater o vírus. Não é fechando comércio e escola, que a doença será resolvida”, destacou o parlamentar.

Dentre as alterações solicitadas na indicação, Eyder pede a volta as aulas presenciais como atividade essencial, dentro da capacidade de 35% dos alunos nas fases I e II, o retorno das atividades religiosas como cultos presenciais e aconselhamentos, para que retornem com a capacidade de 30%. E também na fase I, a reabertura dos centros comerciais, restaurantes, shopping center e afins, respeitando a limitação de 30%, junto com a liberação da venda de bebidas alcoólicas em sistema delivery e retirada.

Além disso, o deputado solicitou que os órgãos responsáveis pela fiscalização dos estabelecimentos, executem um trabalho mais preciso e rígido junto aos mercados, no que diz respeito a informação, auxiliando com cartazes sobre as medidas de segurança, ao quantitativo de pessoas, além do reforço da fiscalização sobre as medidas sanitárias, para que assim, seja evitada a proliferação do coronavírus.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO