Coluna escrita por Humberto Lago

Uma empresa local está pensando na expansão de seus negócios. Se ela não fizer isso, a concorrência pode bater à sua porta. Existe a possibilidade de abrir uma nova unidade operacional na região ou então expandir a atual capacidade produtiva da matriz.

Assumindo que a organização iria criar uma nova unidade operacional num outro município, preparamos o projeto de viabilidade econômica. Existem diversos motivos a favor e contra esta ideia. No momento estamos avaliando e ponderando cada um desses fatores.

Dada a natureza do negócio, existem razões estratégicas para a abertura da nova firma num município da região. O projeto está lá, no computador, passível de ser visualizado a qualquer momento por qualquer pessoa. Quando dispomos de tempo para a tomada de decisão, tem-se a grande vantagem de poder revisá-lo com profundidade e calma.

Depois de aprovado o projeto, constatou-se que os preços médios de venda variam muito de área para área, impactando a lucratividade. Percebeu-se que haveria pequenos acréscimos nos custos, os quais, no entanto, seriam amplamente cobertos pelo diferencial de preços de venda, tornando-o mais rentável.

Quanto ao aspecto tributário, existe a possibilidade de trabalhar com o regime de simples federal ou então com o regime de lucro presumido. Dependendo do montante das receitas, iremos optar por um ou outro regime. Por outro lado, a tributação federal oscila em cerca de 100% de um regime para outro, razão pela qual precisamos avaliar muito bem esta questão.

Não sei se você já participou de uma situação dessas. Com certeza, é uma experiência gratificante poder alterar as premissas, calculando a seguir os novos resultados operacionais, tanto dos custos de fabricação (matéria prima, mão de obra, custos de manutenção e despesas operacionais) quanto das receitas.

Aspectos logísticos são de fundamental importância na hora da decisão. À medida que os números vão se consolidando, o projeto vai adquirindo vida.

Como é sabido, a carga tributária de diversas empresas do país é da ordem de 33% das receitas. Portanto, a escolha do regime tributável apropriado pode fazer dobrar sua margem líquida. Tudo isso está diante de você, para ser considerado e decidido.

Nesse estágio é possível projetar a demonstração de resultados (receitas, custos, despesas e lucro), o fluxo de caixa (entradas e saídas financeiras), bem como o balanço patrimonial (ativos, passivos e patrimônio líquido). A participação do contador é recomendável e oportuna.

Há uma interdependência entre esses demonstrativos. Eles trazem para o presente as operações futuras.  Há muitos ensinamentos na análise desses relatórios. Dessa forma você pode antever, no tempo, eventuais problemas financeiros, tomando as medidas corretivas.

Esse conjunto de relatórios tem o mérito de oferecer credibilidade ao agente financeiro, caso você necessite financiá-lo. Pense nisso enquanto lhes digo até a semana que vem.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO