Deputado federal Lúcio Mosquini / Foto: Divulgação

Em entrevista exclusiva ao Extra de Rondônia, o deputado federal e presidente estadual do MDB rondoniense, Lúcio Mosquini, fez um resumo do cenário do partido que dirige para as eleições do próximo ano, falou da pretensão de ter o senador Confúcio Moura concorrendo ao governo, e ainda fez uma avalição de suas ações do mandato.

Presidente do MDB há pouco mais de dois anos, ele comentou que o diretório trabalhou firme no fortalecimento da legenda, valorizando as lideranças existentes e atraindo mais filiados. A ação resultou em resultados expressivos nas eleições municipais, com o partindo sendo o que mais elegeu vereadores, prefeitos e vices. “Não há cidade em Rondônia que não conte com um diretório forte e organizado, e somos a maior organização político-partidária do Estado em termos de ocupantes de cargos eletivos e filiados”, garante.

Ele falou que para as eleições do próximo ano o partido está bem estruturado e resolvido para todos os cargos em disputa. Começando pelas vagas da Assembleia Legislativa, Mosquini revelou que a meta é compor uma nominata equilibrada, e que no caso de atuais deputados estaduais só poderão concorrer pela sigla quem pertence ao partido atualmente. “Não vamos aceitar filiações ao partido em cima da hora por detentores de mandato, querendo usufruir de nosso peso político e força eleitoral”, explicou.

Para a Câmara Federal, o partido constrói uma composição que contará com representares de todas as regiões do Estado. “Já temos três nomes de Porto Velho, um de Ariquemes, eu devo sair como representante da região de Jaru e Ji-Paraná, além de um da RO-429, outro do Cone Sul e um de Cacoal”, revela.

Já nas disputas majoritárias, Mosquini garante que, a exemplo das cinco últimas eleições ao governo, o MDB terá candidatura própria. “O nome hoje é o do senador Confúcio Moura. Ele ainda não respondeu formalmente ao chamado, mas temos pesquisas que o indicam muito bem posicionado em todos os quadrantes de Rondônia, liderando sondagens. Estamos trabalhando no sentido de convencê-lo a ser nosso candidato. É uma vontade que eu acalento, mas sempre deixo bem claro que o que vale é o consenso dos filiados, mas creio que esta será o nosso caminho”, explicou o parlamentar.

Para evitar o erro cometido nas eleições estaduais passadas, o MDB definiu que as vagas para vice-governador e senador serão colocadas nas rodadas de negociações com outras legendas a fim de facilitar a formação de alianças. “Temos que formar uma composição coesa, porém representativa de outros segmentos partidários, e a liberação destas vagas vai azeitar as discussões neste sentido”, avalia.

Finalizando a entrevista, Lúcio falou um pouco sobre seu mandato, destacando que suas ações são voltadas principalmente ao setor produtivo, com mais ênfase as regiões da RO 429 e Cone Sul. “Trabalho no sentido de atender as demandas dos pequenos produtores, assim como garantir sustentabilidade ao setor agropecuário em geral, em todos os seus segmentos. Entendo que esse é o caminho que Rondônia deve trilhar para o desenvolvimento econômico, seguindo nossa vocação natural, portanto me pauto pelas demandas do setor, com suporte financeiro através do encaminhamento de recursos, ações voltadas a regularização fundiária e desenvolvimento do agronegócio, assim como em iniciativas voltadas a normatizar a legislação pertinente ao setor”, resumiu.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO