Vereador Paulo Henrique (PTB) e prefeito Fúria (PSD) / Foto: Extra de Rondônia

A confrontação entre o vereador Paulo Henrique (PTB) e o prefeito Adailton Fúria (PSD) ganhou mais um episódio nesta sexta-feira, 17, em Cacoal.

Através de suas redes sociais, o vereador divulgou denúncia que protocolou contra o prefeito no Ministério Público (MP) e Polícia Civil o acusando de improbidade administrava, através do uso de equipamentos públicos para fazer benfeitorias numa propriedade rural da qual Fúria seria dono.

O caso também foi publicado, inclusive, no site institucional da Câmara de Vereadores (leia AQUI).

Já o prefeito garante que a propriedade em questão está alugada há muito tempo, e que a ação do vereador não passa de chantagem em busca de cargos e vantagens na administração municipal.

Na denúncia, Paulo Henrique garante ter conferido pessoalmente o deslocamento das máquinas, como caçambas, trator e minicarregadeira do Distrito do Riozinho até a Linha 208, no perímetro que dá acesso a chácara do prefeito. “Na oportunidade, foi constatado o uso indevido de maquinários públicos em propriedade particular, fato que configura improbidade administrativa, além de recebimento indevido de recursos federais por se tratar de rejeitos da BR 364”, conforme consta no documento divulgado pelo vereador.

Ele garante que a ação é ilegal, e não dispõe de autorização do Conselho Municipal de Agricultura, assim como outras que estariam ocorrendo no Município, conforme denúncias de cidadãos. Diante disso, ele pede ao MP investigações do que considera uso indevido da máquina pública.

Ouvido pelo Extra de Rondônia na noite desta sexta-feira ,17, Fúria afirmou que se trata de uma espécie de chantagem e que a propriedade em questão está alugada há muito tempo para terceiros, sem nenhuma participação do prefeito na sua manutenção e gerenciamento. Ele afirma que há uma intenção escusa na atitude do vereador, que o estaria pressionando para obter cargos e vantagens na administração, “Há interesses escusos, algo com o qual não compactuo”.

Adailton também informou que irá a delegacia de Polícia Civil no começo da próxima semana registrar boletim de ocorrência contra o vereador por suposta prática de calúnia.

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO