Vereador durante solenidade de entrega / Foto: Divulgação

O vereador Everaldo Fogaça (Republicanos) prestigiou na sexta-feira 17, a solenidade de entrega da unidade de saúde Ernandes Índio, localizado no bairro Esperança da Comunidade em Porto Velho.

Na presença de um representante do Ministério da Saúde, a secretária adjunta de saúde, Marilene Penati, Igor Mendonça, e do prefeito Hildon Chaves, o vereador parabenizou o município pela obra e por todo o trabalho de infraestrutura que a prefeitura vem realizando na cidade.

“Estou satisfeito em participar de mais uma inauguração de unidade da saúde em Porto Velho. Todos os dias eu faço questão de andar por essas ruas da cidade. E confesso a todos que você sair de manhã para visitar as obras, você não consegue ir em todas somente na parte urbana. Isso porque a administração está trabalhando e a Câmara Municipal ajudando”, destacou o vereador.

Ao se referir ao legislativo municipal, Fogaça disse que a Câmara Municipal tem sido parceira de primeira hora da prefeitura. “Os projetos que chegam à Câmara Municipal, eu, como presidente da Comissão de Constituição e Justiça e todas as comissões não tem um projeto do executivo que fique mais de 48 horas para ser aprovado. Prefeito, você está fazendo sua parte, a Câmara também está fazendo!”, ressaltou.

O vereador também enalteceu o apoio do ex-deputado federal Lindomar Garçom (Republicanos), também presente à solenidade. Garçom foi o autor da emenda parlamentar no valor de R$ 150 mil para o custeio da reforma da obra do posto de saúde.

Ao finalizar, o vereador, em nome do líder comunitário Fernandão, pediu para que a reforma avançasse na construção de uma recepção. O posto reinaugurado é uma homenagem ao ex-deputado estadual Ernandes Ìndio e é comunitário, atualmente, denominado com a nova nomenclatura do Ministério da Saúde de Unidade de Saúde da Família (USF).

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO