Olino Zoche / Foto: Divulgação

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Vilhena (ACIV), Olino Neri Zoche, se manifestou através das páginas oficiais da entidade nas redes sociais tentando explicar a solicitação de R$ 36 mil feito à prefeitura de Vilhena.

Inicialmente, fez um desabafo classificando como tendenciosa as palavras “Beneficiar esta Associação”, que supostamente teriam sido usadas pelo Extra de Rondônia. O site verificou as reportagens produzidas e confirmou que só há a narração dos fatos que gerou a polêmica solicitação da entidade empresarial. Elas podem ser conferidas AQUI e AQUI.

Por outro lado, reclamou do parecer jurídico da Câmara de Vereadores que rejeitou o projeto, especificamente no que diz que deveria ter sido feito chamamento Público (leia AQUI).

“Ora Sr. Doutor, que infelicidade a sua quando diz isso. Pois não há outra empresa ou mais que uma empresa, para participar do pedido à feira, pois é a ACIV, a única entidade responsável por realizar este tipo de evento, para estimular o comércio, fomentar toda a cadeia produtiva, gerando vendas, empregos e impostos para este municípios. Portanto esclarecido o fato de uma forma correta”, desabafou.

Zoche, por outro lado, confirmou o que o site já havia anunciado: o pedido de apoio financeiro foi para a realização da 1ª Rondônia Rural Sul. “A ACIV é uma mera Organizadora”, ponderou.

>>> LEIA, ABAIXO, A NOTA NA ÍNTEGRA:

Nota da entidade empresarial divulgada nas redes sociais / Foto: Extra de Rondônia
Solicitação da ACIV; prefeito determinou à Secretaria de Administração (Semad) a abertura do processo mesmo sem ser aprovado pela Câmara / Foto: Extra de Rondônia

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO