covid19 – 728×90-2

protesto4Um grupo composto por 40 pais de alunos, todos moradores do assentamento Santa Elina, no município de Corumbiara, fecharam na manhã desta terça-feira, 12, a escola Pé de Serra, que atende cerca de 130 estudantes do assentamento.

Ao Extra de Rondônia, por telefone, o manifestante Genivaldo Ribeiro de Amorim, o “Godão do assentamento”, confirmou o protesto e disse que a decisão de tomar o prédio da instituição de ensino aconteceu porque os estudantes estão sendo prejudicados.

Segundo “Godão”, o prefeito de Corumbiara, Deocleciano Ferreira (PTB), havia prometido melhorias imediatas nas estradas rurais do município durante a reunião que teve com os camponeses, evento intitulado como 1º Grito da terra municipal, realizado no dia 13 de abril. Os manifestantes acreditaram na promessa do prefeito, que não cumpriu com nenhum dos acordos.

Outro manifestante, que preferiu não se identificar, disse que as estradas que ligam o assentamento à escola estão intransitáveis, e os alunos estão perdendo aulas há semanas porque o ônibus destacado para busca-los simplesmente não vai.

Os pais de alunos foram à escola, pediram para que os alunos de outros assentamentos voltassem pra casa, e fecharam os portões da instituição de ensino. A manifestação será por tempo indeterminado, até o prefeito cumprir com as promessas que fez.

“O prefeito é mentiroso. Disse que ia fazer o serviço imediatamente, e até agora nada. Porque os alunos dos outros assentamentos têm aula e os nossos filhos não? Isso não é justo. Eles não podem deixar de estudar por irresponsabilidade do prefeito”, reclamou outro manifestante.

Veja mais sobre o caso através do link

http://www.extraderondonia.com.br/2015/04/14/corumbiara-pressao-de-camponeses-funciona-deocleciano-prometeu-melhorias-imediatas/

pais protestam

protesto1

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
covid19 – 728×90-1

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO