Proprietários do Cinema insistem em desrespeitar a Lei
Proprietários do Cinema insistem em desrespeitar a Lei

O Ministério Público (MP) teve que frear o desrespeito dos proprietários do Cinema Laser, localizado no Park Shopping, com os consumidores, em função da conhecida venda casada de alimentos.

O promotor de justiça de Vilhena, João Paulo Lopes, Curador do Consumidor, encaminhou, nesta quinta-feira, 21, recomendação as responsáveis do cinema para se abstenham, imediatamente, de impedir o ingresso de consumidores portando alimentos no local.

Caso os responsáveis da empresa insistam e ignorem a recomendação, o MP impetrará ação civil pública por infringência ao artigo 39, inciso I, do Código de Defesa do Consumidor (CDC).

O promotor de justiça alegou que não é a primeira vez que o cinema age dessa forma com os consumidores.  Um servidor público, que esteve acompanhado de sua filha de 11 anos, também foi impedido de entrar no cinema por ter uma barra de chocolate e um pacote de bolachas, comprado fora do local.

Na notificação enviada ao Cinema, o MP considerada a venda casada como prática abusiva. Os responsáveis do cinema têm 10 dias para comprovar eventuais providências em relação à recomendação.

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Extra de Rondônia

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO