Devido o grande número de pessoas que procuram o setor de emissão de identidades na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Vilhena e voltavam para casa sem serem atendidas, a reportagem do Extra de Rondônia procurou a datiloscopista responsável pelas referidas emissões, que falou sobre os problemas que vem dificultando o atendimento à população.

Segundo a datiloscopista, após a abertura de mais pontos de recolhimento de dados no Estado, a emissão de cédulas, que anteriormente passavam de 2 mil unidades só para Vilhena, caiu para no máximo 300 mensais, e com isso, não é possível atender a demanda, que não diminuiu.

Ainda segundo a mesma, as cédulas não podem ser encaminhadas para os municípios através de transportadoras, por se tratar de um documento valioso e que de forma alguma pode sofrer extravio, sendo possível o transporte apenas por escoltas policiais ou dos próprios servidores do setor.

Com isso, o problema acabava se agravando, pois a remessa, que já não são suficientes para a procura, que já chegou a 90 pessoas por dia, chega ao município uma vez por mês.

Como os tramites burocráticos não dependem do setor, que já solicitou que sejam enviados um número maior de cédulas para o município, porém, ainda foi atendido, o que tem sido feito é a distribuição de no máximo 30 senhas dia, a fim de não causar tumultos e sobrecarregar os profissionais, que também atuam na identificação criminalística.

Por fim, a servidora solicita que se possível, antes de se deslocar até a Unisp o interessado entre em contato com o setor pelo telefone (69) 3322-9377, a fim de certificar-se que há cédulas disponíveis no dia.

 

Texto e foto: Extra de Rondônia

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO