“Quando foi lançado o programa aqui em Chupinguaia eu nem acreditei, achei que fosse coisa de politicagem, mas resolvi verificar como funcionava o ‘Título Já’, e nele vi a possibilidade de realizar a custo zero o meu sonho ter o documento oficial onde vai está escrito que sou dona de fato e direito do lote onde moro a sete anos”, comentou a cuidadora de criança Sirley Santos Almeida, de 39 anos,  casada, mãe de três filhos, ao fazer na manhã da última quinta-feira (26) o seu cadastro na  Secretaria Municipal de Planejamento (Semplam) para receber o benefício do programa social.

Moradora na Rua Olavo Pires, 931, Setor 10, em Chupinguaia, a dona Sirley foi a centésima trigésima moradora a ser atendida pela equipe do servidor municipal José Ailton Nogueira Lima, chefe do Departamento de Terras da prefeitura de Chupinguaia.

De acordo com Wilson Dias, superintendente da Sepat, órgão que cuida do imobiliário e da regularização fundiária urbana e rural no estado, a meta do Governo de Rondônia em parceria com a prefeitura é regularizar 2.437 lotes urbanos, beneficiando as famílias com renda de até cincos salários mínimos, moradoras dos bairros Cidade Alta, Cidade Nova I, II e III, dos setores Misto e 10 e dos distritos de Guaporé e do Corgão.

Wilson dias disse que tem uma equipe técnica da Sepat, representada pelas servidoras Hannyelem Alecrim (gerente de regularização fundiária) e Lauren Rodrigues, realizando atividades de fiscalização e acompanhamento do convênio no município.

O maior programa de regularização fundiária urbana da história de Rondônia, “Título Já”, chegou no município de Chupinguaia no início deste mês, e o secretário municipal de planejamento Magno Jesus dos Santos, falou que os interessados devem procurar a Semplam, localizado na Rua Gov. Jorge Teixeira, 1001, no Setor 10, com os documentos pessoais, entre eles, RG, CPF, contrato particular de compra e venda, comprovante de residência, comprovante de renda, IPTU, entre outros.

O Título Já é uma iniciativa do governo estadual em parceria com a prefeitura, Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia e Associação dos Notários e Registradores do Estado de Rondônia (Anoreg).

 

Texto e foto: Marcelo Gladson /Secom

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO