TCE suspendeu licitação / Foto: Extra de Rondônia

O prefeito Laércio Marchini (PDT) enviou nota ao Extra de Rondônia esclarecendo os motivos da suspensão da licitação, no valor de R$ 300 mil, prevista para ocorrer na última segunda-feira, 10, no município de Corumbiara.

A licitação foi suspensa após denúncia formalizada pela empresa Ajucel Informática, que tem sua sede em Colorado do Oeste, que detectou irregularidades com flagrante direcionamento (leia AQUI).

Inicialmente, o mandatário municipal disse que a decisão do Tribunal de Contas (TCE/RO) foi pronta e devidamente acatada com o pregão eletrônico suspenso.

Sobre a denúncia de direcionamento, Marchini garante que o TCE não se manifestou em momento alguém, “o que, de certo, deixou de fazer por não vislumbrar sua ocorrência”. E que é natural e compreensível que uma empresa que presta serviços à municipalidade há mais de 26 anos (e que recebeu milhões) estranhe agora as mudanças no instrumento convocatório.

O site também deixa espaço à empresa citada para eventuais esclarecimentos do caso.

>>> LEIA, ABAIXO, O ESCLARECIMENTO NA ÍNTEGRA:

 

 


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO