Asfalto em avenidas de Vilhena / Foto: ilustrativa

Na manhã desta sexta-feira, 14, uma moradora do Bairro Bela Vista procurou o radialista Júlio César Silva, o popular Julinho da Rádio, para pedir ajuda temendo perder sua casa, em Vilhena.

Inicialmente, através de um áudio, ela relatou o ocorrido: “Julinho eu recebi uma cobrança do asfalto de R$ 17 mil; eu ganho salário mínimo e gostaria de saber como que faço pra pagar, porque o prazo é até 31 de agosto; estou desesperada, gostaria que você me desse uma luz, como que eu faço, porque tão comentando que minha casa pode ir pra leilão; estou muito preocupada”.

Ao Extra de Rondônia, o comunicador – que luta para suspender a cobrança do IPTU – informou que depois de ouvir o áudio foi até a casa e a moradora relatou que muita gente está recebendo as cobranças, sendo informados que senão houver regularização o imóvel irá para leilão.

Ao site, Julinho disse que foi informado por servidores da Secretaria de Planejamento (Semplan) que cada contribuinte deve pagar algo de R$ 25 mil pela pavimentação da avenida Rondônia e R$ 16 mil na 1º de Maio, que serão lançados a partir de dezembro, após as eleições municipais.

O radialista disse que irá mais uma vez à prefeitura para tentar resolver a situação de forma administrativa e legal, mas não descarta a possibilidade de novamente procurar o Ministério Público e a Defensoria Pública.

“É inacreditável: invés de buscarem recursos estaduais e federais para fazer asfalto, é um absurdo a população ter que pagar esses valores surreais em época de pandemia, num momento que a prioridade é a comida na mesa”, questionou, ao dizer, ainda, que a dona de casa autorizou mostrar o boleto de cobrança que tem como data de vencimento em 31 de agosto deste ano (veja abaixo).

Boleto de cobrança da moradora do Bairro Bela Vista / Foto: Divulgação

 

>>> OUÇA, ABAIXO, A RECLAMAÇÃO  DA MORADORA:

 

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO