Prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês / Foto: Divulgação

O prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês (PV), estabeleceu mudanças no 1º escalão e nomeou novos gestores em algumas secretarias municipais para iniciar o mês de junho.

Antônio “Boca” retornou para comandar a Secretaria de Obras (Obras), o contador Reginaldo Shalon é o novo Secretário de Administração (Semad) e o ex-vereador Célio Batista é o novo titular da Secretaria de Agricultura (Semagri).

Os decretos foram publicados no Diário Oficial do Município desta terça-feira, 1º.

“Boca” retornou ao cargo após meses afastado por acusações de cobrança de propina e assédio sexual contra servidoras na Semosp. Ele explica o caso ao Extra de Rondônia (lei mais AQUI)

Por sua vez, Shalon trabalho na equipe técnica da campanha vitoriosa de Japonês.

Célio Batista estava nomeado como Controlador de Licitações desde março, mas executando suas tarefas na chefia de gabinete do prefeito.

Ele – que é servidor efetivos do Iperon, cedido à prefeitura – não disputou a reeleição e informou sua aposentadoria da política. Célio foi vereador por três mandatos e chegou a ser prefeito de Vilhena após o maior escândalo político do município na gestão do ex-prefeito Zé Rover.

Decreto publicado no Diário Oficial do Município nesta terça-feira, 1º de junho / Foto: Extra de Rondônia

 

EX-VEREADORES NA GESTÃO

Com Célio à frente da Semagri, aumenta o número de ex-vereadores (que deram sustentação política a Japonês na Câmara de Vilhena) no comando das principais pastas da prefeitura.

Na Secretaria de Meio Ambiente estão os ex-vereadores Rafael Maziero e Vera da Farmácia, secretário e adjunta, respectivamente.

A Fundação Cultural de Vilhena tem à frente o ex-vereador França Silva.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) está sob o comando do Ronaldo Alevato (Avante), ex-presidente da Casa de Leis (leia mais AQUI).

Adilson Oliveira, ex-presidente da Câmara, é o titular da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio (leia mais AQUI).

 

sicoob credisul

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO