Acir Gurgacz/Foto: Reprodução

Em outra decisão do Ministro Kássio Nunes Marques, que há poucas horas beneficiou Ivo Cassol e o pôs de volta à cena eleitoral, agora foi a vez de conceder medida cautelar em favor do senador Acir Gurgacz, em processo de atenuação de pena, suspendendo os efeitos do título condenatório formalizado até o julgamento final.

Isso na prática quer dizer que Acir poderá concorrer à reeleição, e deve se apresentar como candidato na convenção que o PDT realiza nesta sexta-feira 05, em Porto Velho.

Na decisão, o ministro considerou a existência de elementos no pedido de correção do processo dosimétrico, requerido pela defesa do senador Acir.

Ele comemora a decisão e através de sua assessoria confirma a pretensão de disputar as eleições de outubro para tentar permanecer no cargo.

A convenção do Partido Democrático Trabalhista (PDT) começará a partir das 8 horas, no Acordes Hotel, na capital, e vai homologar as candidaturas do partido, trocando então o pré-candidato Benedito Antônio Alves pelo senador, e é provável que a aliança com os candidatos ao Executivo estadual Daniel Pereira (Solidariedade) e Anselmo de Jesus (PT) seja mantida.

>>>Veja decisão:


COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO