Queimada 728×90

Os gastos com a construção do novo prédio da Câmara de Vilhena não param.

Além de gastar R$ 2,5 milhões com a reforma e ter aprovado um aditivo de R$ 350 mil para instalar espelho e telhas de isopor, agora os vereadores aprovaram crédito suplementar de R$ 200 mil para aquisição de mobiliário e paisagismo para a sede do Poder Legislativo.

O projeto de lei 5.501/2018, que detalha esta finalidade, foi lido e votado na noite desta terça-feira, 16.

Apesar de a gastança desnecessária no parlamento ser motivo de críticas da sociedade, principalmente pela aquisição de 23 linhas telefônicas (leia AQUI), os R$ 200 mil foi aprovado sem nenhuma discussão ou justificativa em plenário.

Projeto foi aprovado por unanimidade

 

REFORMA, ESPELHO E TELHA DE ISOPOR

O valor inicial da reforma e ampliação da Câmara de Vilhena era de R$ 2,5 milhões, mas foi incluído um aditivo de R$ 350 mil em decorrência de algumas alterações na obra.

Ao Extra de Rondônia, o vereador Wilson Deflon Tabalipa (PV), designado presidente da Comissão Especial para fiscalização da obra, explicou: “O espelho da frente do prédio será laminado e as telhas serão colocadas de isopor” pontuou.  Ele garantiu que o valor do aditivo está declarado no Tribunal de Contas da União (TCU). Relembre AQUI

 

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Divulgação

saude 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO