João Antônio da Rocha / Foto: Arquivo familiar

O professor pioneiro de Vilhena, João Antônio da Rocha, passou nesta terça-feira, 1, por uma cirurgia de emergência no coração após sofrer recentemente um infarto.

Ele precisou fazer exame de cateterismo e o médico constatou que três veias estavam obstruídas e que o procedimento médico não poderia esperar.

Por não poder esperar pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a família precisou fazer a cirurgia num hospital particular, mesmo não tendo recursos financeiros. Contudo, o médico deu um prazo para o pagamento da cirurgia.

Devido a esta situação, a família abriu uma “vaquinha” virtual para arrecadar recursos e assim conseguir pagar a dívida do procedimento de saúde.

“Meu pai João Antônio da Rocha, recentemente teve um infarto leve, precisou fazer o exame do cateterismo, constatou que três veias do coração ( Angioplastia Coronariana) estavam obstruídas. Esses últimos dias, de acordo com médico, permaneceu vivo pela graça de Deus. Infelizmente não pode esperar pelo SUS, a cirurgia precisou ser feito no particular, usamos a fé, médico nos deu um prazo para o pagamento, mas infelizmente não temos de onde tirar. Nossa fé é maior e, se Deus quiser, vamos conseguir pagar a cirurgia. Que Deus abençoe vocês!”, disse a filha Josy Mary em mensagem enviada ao Extra de Rondônia.

João Antônio é conhecido no município de Vilhena e região por ser esposo da ex-vereadora Doralice Rocha, a popular “Tia Dora”.

Josy informou o número da conta para as pessoas que quiserem ajudar e disponibilizou o link da “vaquinha” virtual.

CONTA: Banco: 237 / Agência: 1389 / Conta corrente: 9.893-0 / Titular: Alessandro da Rocha. CPF 422.367.462.53

Clique (AQUI) para acessar a vaquinha virtual.

sicoob credisul
vacina 728×90

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO