Estamos em guerra governo 728×90  – ALE celular 300×250
Wesley (camisa vermelha) ao lado de lideranças da coligação / Foto: Divulgação
Estamos em guerra 468×60

O indeferimento dos registros de candidaturas a prefeito e vice de Wanderley Araújo e Vilson Ramos, respectivamente, fez o grupo da coligação “Chupinguaia, crescer é preciso”, se movimentar nos bastidores políticos e encontrar substitutos para a disputa eleitoral nesse município.

Agora, Wanderley será substituído na cabeça de chapa por seu filho, o médico Wesley Araújo, tendo como candidato a vice o agropecuarista Zulmir Sartor, que, inicialmente, era vice do empresário Carlito Alves (leia mais AQUI).

Zulmir conhece a administração pública, já que foi vice-prefeito na gestão do então prefeito Vanderlei Palhari.

REGISTROS NEGADOS

Wanderley Araújo e Vilson Ramos tiveram seus registrados negados pela Justiça Eleitoral nesta terça-feira, 20.

O magistrado que analisou o caso de Wanderley Araújo citou quatro condenações originárias quando este era presidente da Câmara de Chupinguaia (leia mais AQUI).

Já Vilson Ramos teve suas contas rejeitas quando era secretário municipal de obras (leia mais AQUI).

 

 

estamos em guerra 728×90 2
covid 468×60

COMUNICADO: Atenção caros internautas: recomenda-se critérios nas postagens de comentários abaixo, uma vez que seu autor poderá ser responsabilizado judicialmente caso denigra a imagem de terceiros. O aviso serve em especial aos que utilizam ferramentas de postagens ocultas ou falsas, pois podem ser facilmente identificadas pelo rastreamento do IP da máquina de origem, como já ocorreu.

A DIREÇÃO